Saiba como

Falar bem, em público ou não, é uma habilidade muito requisitada por recrutadores. Projetar a voz, se fazer entender, explicar os argumentos de maneira clara e convincente torna o perfil do profissional muito mais atraente, possibilitando novas oportunidades.

Dominar o idioma é fundamental, mas usá-lo para convencer, informar e apresentar ideias é um diferencial importante para o profissional.

A habilidade de falar em público de forma clara e objetiva é cada vez mais necessária no mercado de trabalho atual: já não basta apenas ser eficiente na função, as exigências por características específicas também é muito requisitada.

Por isso, ganha destaque não apenas o profissional que tem uma boa oratória, mas que também consegue implementar essa técnica no seu local de trabalho, para os colegas, e que sabe que falar em público é uma competência a ser incorporada em sua rotina.

Cerca de 33% da população tem mais medo de falar em público do que de morrer. Essa informação é alarmante e convida a refletir: nosso sistema de educação é falho por não incentivar a exposição de argumentos e por não identificar, desde a infância, sintomas de ansiedade que podem ser tratados.

Muitas vezes, os profissionais têm um grande conhecimento, porém, não conseguem transmitir esse conhecimento de maneira esclarecedora, seja por medo ou por falta de técnica, barrando assim o seu sucesso. 

Algumas dicas, no entanto, podem ajudar você:

  1. Tenha algo a dizer: Saber o que dizer é escapar de obstáculos no meio do caminho. Só conte detalhes da sua vida se eles forem indispensáveis à mensagem que você quer passar. Tenha foco e seja específico.
  2. Faça um resumo: quanto menor for o seu tempo de palco, mais longa vai ser a sua preparação. Resumir consiste em deixar coisas de fora. Para isso, tente resumir a sua ideia em, no máximo, 15 palavras – e coloque-a no papel. Mude os termos, mexa na estrutura da frase, pense em sinônimos que expressem melhor a sua teoria.
  3. Manipule: causar emoção e empatia prende a atenção dos ouvintes e gera conexão. Histórias de superação, de amor e de morte são imbatíveis nesse quesito, porém o ideal é que as emoções sejam reais.
  4. Não decore: fazer um discurso decorado pode parecer chato para a plateia. Domine o assunto e improvise algumas partes.
  5. O começo e o fim: amarre as pontas. É importante que o ouvinte não fique com a sensação de que ficou faltando alguma coisa.
  6. Treine: se for possível, antes de enfrentar o palco ou segurar o microfone, dê a sua palestra para uma plateia imaginária. Fale em frente ao espelho, grave o seu discurso e o analise para poder melhorar

A Farese oferece o curso de pós-graduação em Técnicas de Comunicação e Oratória com o objetivo de desenvolver e aprimorar a arte de falar em público com tranquilidade nas mais diversas situações. A metodologia utilizada oferece recursos para o participante lidar com a ansiedade e o nervosismo ao se expressar em público.

Saiba mais sobre o curso, venha estudar com a gente e veja a sua carreira decolar!

agencia