Confira algumas dicas para se dar bem

Quem busca emprego sabe que essa procura, muitas vezes, não é uma tarefa fácil. E também não é por menos: dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de agosto indicaram que o desemprego no país é de 11,8% e atinge 12,6 milhões de pessoas.

Com a concorrência maior e o número de vagas menor, qualquer detalhe faz a diferença na hora da contratação. Um candidato que se prepara para a entrevista tem mais vantagens sobre os outros concorrentes.

Separamos algumas dicas para quem está em busca de uma colocação no mercado de trabalho:

  • Aposte em um bom currículo: esse documento deve vender o seu trabalho e a sua imagem pessoal. É importante, no entanto, que todas as informações sejam verdadeiras e que você demonstre estar sempre em busca de novos conhecimentos e aperfeiçoamentos;
  • Seja objetivo e transparente: evite prolongar a entrevista com assuntos irrelevantes. Fale sobre as suas qualidades e o quanto está disposto a aprender e a preencher a vaga disponível;
  • Chegue no horário certo: atrasos não são bem vistos em nenhuma situação, mostrar comprometimento e pontualidade demonstra compromisso e responsabilidade;
  • Escolha com cuidado o que vestir: procure saber se a empresa segue uma linha mais tradicional ou despojada e se adeque a esse ambiente;
  • Treine: falar sobre nós mesmos é uma tarefa desafiadora. Por isso, é importante que você treine como falar e se auto conheça. Saiba quais são as suas qualidades e explore esses pontos. Responda a perguntas como: ‘fale sobre você’ e ‘porque eu deveria lhe contratar’;
  • Peça feedback: o candidato pode perguntar ao entrevistador se ele tem alguma dúvida, se as informações estão claras, se ele quer que o candidato detalhe algum ponto. O diálogo é um grande aliado nesse momento.

Conhecer um pouco sobre a empresa, a vaga e o que o mercado espera de você e da sua área de atuação também são boas dicas. Você sabe, por exemplo, quais são as habilidades mais buscadas em profissionais pelos recrutadores? São elas:

  • Comunicação: é importante que o profissional saiba comunicar as suas ideias;
  • Trabalho em equipe: o profissional precisa ter um bom relacionamento com os outros;
  • Criatividade: o profissional do presente tem respostas para os problemas de amanhã;
  • Transparência: honestidade é fundamental para qualquer profissional, independente da área;
  • Resiliência: é importante desenvolver a capacidade de se adaptar a diferentes situações e a responder positivamente a elas;
  • Comprometimento: a demanda é por profissionais comprometidos com o objetivo da organização e atualizados com as inovações do mercado.

Fique ligado no blog da FARESE para mais dicas como essa!

grupofaveni