Deixe o seu currículo mais atraente

O portfólio sempre foi uma ferramenta bastante utilizada para mostrar parte do trabalho executado pelo profissional: é uma amostra do seu potencial, um breve cartão de visitas que serve para complementar o currículo.

Muito utilizado por profissionais que trabalham com arte, arquitetura e moda, no entanto, ficou muito mais abrangente com as novas tecnologias e inovações na hora de buscar emprego e profissionais capacitados.

Um bom portfólio valoriza a sua imagem e transmite autoridade, compromisso e profissionalismo. Ele organiza e unifica os melhores trabalhos de um profissional, mostrando aos possíveis recrutadores a capacidade e experiências daquela pessoa.

Caprichar no portfólio garante boas oportunidades de entrevista e de emprego.
Confira algumas dicas da FARESE para fazer um portfólio que se destaque e aumente suas chances no mercado de trabalho:⠀

– Escolha com cuidado quais projetos você pretende colocar no portfólio. Nesse caso, nem sempre quantidade é sinal de qualidade e vale a pena escolher o que mostrar. Você pode fazer um portfólio diferente para cada situação que pretende se candidatar;

– Fale sobre seus trabalhos dentro e fora do mundo profissional, detalhe seus projetos de quando era estudante, da faculdade, colégio, cursos técnicos e o que você tiver feito de relevante para seu futuro;⠀

– Invista em um portfólio digital e o envie junto com o seu currículo para a vaga pretendida. Os modelos em pdf são os mais utilizados, mas você também pode fazê-los online;

– Se ainda não tem material suficiente, invista em materiais novos. Desenvolva um projeto com o propósito de vender o seu trabalho. Dessa forma, além de experiência, você ganha algo para mostrar;

– Cuidado com os exageros! Um portfólio muito extenso pode causar a impressão errada e se tornar pesado e maçante para o recrutador. Coloque apenas o necessário, tenha bom senso;

– Capriche na organização: seu portfólio não precisa seguir uma ordem cronológica, mas é importante que ele siga uma determinada ordem e esteja claro, fácil de ser lido e principalmente, organizado;

– Busque inspiração: peça para ver portfólios de pessoas que já trabalham na sua área. Procure ver o que é novidade e a forma como as pessoas apresentam os seus projetos;

– Não se esqueça de colocar os seus contatos: é fundamental que o portfólio também conte com a sua identificação e com maneiras de entrar em contato com você caso haja interesse;

– Plataformas como o WordPress e o Behance são gratuitas e oferecem diversas ferramentas criativas para incrementar o seu portfólio. ⠀

Não perca mais nenhuma oportunidade seguindo essas dicas da FARESE! E você? Como anda o seu portfólio? Conte para a gente!

grupofaveni